Browsing Posts tagged Itália

    A região da Costa Esmeralda tem cerca de 88 Km, de extensão, com diversas praias, enseadas, e pequenas cidades. O próprio Arquipélago La Maddalena, e a cidade de Porto Cervo, que já falamos, estão na Costa Esmeralda. Neste artigo vamos ver duas das praias mais espetaculares da costa, Spiaggia del Principe e Spiaggia Capriccioli.

    Foi na década de 60 que o termo Costa Esmeralda surgiu, obviamente homenageando as águas perfeitas da região. O princípe Karim Aga Khan Ismaili se abaixou pelo lugar, criou um consórcio para estruturar a região, e logo a costa começou entrar no circuito de turismo de alto padrão.

    Não é difícil entender as razões do príncipe, muito menos, porque o consórcio deu tão certo. Essa região é particularmente fantástica, dentro de um quadro já impressionante que é a Sardenha. É o auge do próprio paraíso.

    As sete primeiras fotos (fora a da rocha nominando a região) são da Spiaggia del Principe. É uma praia que a turma lá não gosta de mostrar o caminho. Não há sinalização, você precisa encontrar um estacionamento perdido no meio do nada, e praticamente segue o rastro de quem sabe onde ela fica.

    Depois do estacionamento, ainda tem uns 10 minutos de descida rocha abaixo pra chegar na praia. A vista da primeira foto, é neste caminho. Então, antes mesmo de chegar, o queixo vai cair! Ela é de uma beleza tão absurda, que entre tantas e tantas opções de praias da região, nós voltamos a ela praticamente dois turnos.

    Apesar de escondidinha, a praia tem uma certa estrutura. É possível alugar guarda sol e cadeiras, que são instalados nos melhores lugares conforme ordem de chegada. Pelo menos foi o que disseram, pouco antes de colocar uma família completa bem na nossa frente. Vale lembrar que, a melhor opção é ter comprado equipamento de praia logo na chegada da Sardenha. Porque esses alugueis já pagam rapidinho essa compra.

    Sem dúvida que essa praia, particularmente, é feita pra turma embarcada. Os barcos estão todos pela volta, alguns com turistas, mas a maioria particular mesmo. Á agua, bem, a água. Melhor nem escrever, espia aí nas fotos.

    Abaixo começa o registro de outra praia bastante badalada. Bem mais agitada, e com muito mais gente que o pequeno príncipe. Que é uma praia pequena mesmo. Capriccioli é bem maior, tem duas partes e é totalmente acessível, com estacionamento grande, pago, restaurante de porte e com tudo isso, claro, bem procurada.

    A outra bem badalada, Romazzino, acabamos não indo. Muito em função de querer voltar ao principe. Mas pelas fotos, ela não difere tanto, são todas vizinhas e defendem o mesmo estilo. De sucesso, claro.

    Até pensamos que íamos ficar um bom tempo na Capriccioli, pela estrutura, tinha sombra por lá, porque a vegetação é bem costeira, e porque a praia claro é lindíssima. Mas tinha um cheiro esquisito por lá, e como brasileiro é todo espiado, optamos por não encarar, já que perto tinham outras tantas intocadas.

    São muitas, mas muitas mesmo as praias que merecem visita por aqui. Certamente deixamos de visitar lugares impressionantes. Eu diria que um número adequado de noites seriam 3 ou mais. Foi o nosso número. Mas nós chegamos a tarde, no primeiro dia impactados pela beleza da praia do resort ficamos por lá, e na última noite, em função de estarmos voltando ao Brasil com várias conexões bem ajustadas, acabamos optando por sair uma noite antes e garantir o vôo super cedo em Olbia dormindo já lá. Então, foi mais um turno reduzido. Sem dúvida, definir onde os pernoites serão investidos na Sardenha, é um desafio monumental. Mesmo.

    Imagens: Arquivo Pessoal

    #nofilter

    Porto Cervo, Sardenha

    No comments

    Quando se fala da badalada Costa Esmeralda, a parte mais nobre da Sardenha, imediatamente se pensa em Porto Cervo. É a cidade onde a turma ultra rica e famosa tem suas casas. É uma pequena cidade, onde de fato não se tem muito o que fazer, pelo simples fato de ser uma cidade de veranistas, proprietários, não para turistas. O clima obvimente é bem exclusivo, tudo ao redor é perfeito e bem cuidado. Estradas, flores, tudo é perfeito.

    Mas é claro que estando por lá, é obrigatório conhecer, porque não há motivo pra não dar uma agradável circulada pela perfeitinha cidade! O porto, naturalmente é o lugar dos brinquedas da turma forte que tem casas pela região. Os iates. Não tão grandes como os que vimos na Córsega, mas bem luxuosos.

    A ostentação está em todos os lugares. Os carros que ficam expostos pela rua, buscando compradores? Rolls, é claro. Grandes movimentos? Não, é realmente um lugar reservadão.

    E quando o movimento aparece, adivinha? Rolls, claro. Mas é um lugar pra curtir algumas horas, e só. Não sugiro procurar hospedagem na cidade. No inicio até olhei, mas além de mais cara, na região bem próxima tem resorts muito mais amplos, com praias exclusivas e uma super estrutura. Além do que, tudo é absolutamente pertinho, então em minutos você vai para as super praias esmeraldinas, ou passear nas cidades. Sem dúvida a melhor opção é um resortão com praia exclusiva. Nós optamos pelo grandhotelsmeraldobeach.it, e falaremos dele no post da Baja Sardinha, que também tem post exclusivo.

    No coração da cidade fica uma espécie de shopping a céu aberto, cada super loja de luxo tem seu próprio pequeno edifício, e é até divertido andar por lá. Porque os caras realmente acham que você fará compras obscenas. Deve ser o hábito, afinal de contas, você chegou até ali!

    Perto de Porto Cervo estão algumas das praias mais lindas da Sardenha, uma delas em especial, Spiaggia del Principe é uma das mais lindas que já vi. Mas ela vai ganhou um post exclusivo, junto com algumas das principais praias da Costa Esmeralda, como a Capriccioli.

    Imagens: Arquivo Pessoal

    #nofilter

    Related Posts with Thumbnails