Browsing Posts in Política

Foguetinhos Politicos.

3 comments
Já que o Brasil vai ao espaço, hoje só temos foguetinhos!

- Caseiro quer ir pra longe do Brasil.
Em outros tempos, se chamava exílio. Não é o primeiro a ter que fugir, tem irmão de ex prefeito assassinado que já fez o mesmo…

- Germano Rigotto gera mais um fiasco no MDB. Indica o Jobim para governador.
Se estivesse presente na prévia do partido por mais tempo, saberia que quase todos lá assinaram nota pedindo que esse cidadão lá do Tribunal Superior do Presidente fosse barrado no MDB. Foi o pior de todos lá no Supremo. Talvez o escambo não tenha se confirmado, então tem gente buscando alternativas. Ninguém quer ele de ficha assinada, muito menos candidato a governador. Confirmado Jobim, vai ter muito MDB votando em outros partidos. Sem dúvida. PT feliz da vida no RS! Sem a queda da verticalização, a única maneira de derrotar o MDB no RS é mandar o Jobim para cá. Rigotto, Rigotto…
Escambo?

- Palocci está se despedindo esta semana, não tem como sustentar mais.
É o último dos “capacitados” a deixar o governo a vassouradas. Só ficaram os gargantas. Se segura Brasil, estamos em ponto morto!

- Termina o excelente seriado JK. Globo merece parabéns, foi uma bela produção. Tirando o fato de que foi um aviso, quiça encomendado por alguém. Só para lembrar ao povo que a tomada militar é a pior das opções. Uma porta é sempre uma porta, mesmo quando está pequena. Não custa relembrar o povo né? Ainda mais o brasileiro…

- Duas teorias. Supostas.

Primeira, mais óbvia: Presidente perdeu todos os capacitados. Tentará equilibrar o Brasil na mesma direção que esteve até então. Se mexer na direção, e tiver que escolher novos caminhos, se complica. Foi um desastre para o PT e para o Lula.

Segunda, mais perigosa: Presidente não está muito preocupado com essas perdas. Deixou rolar. Quer ficar o máximo possível parecido com seu grande ídolo lá de Cuba. Nesse caso, o Brasil deveria estar bem preocupado. Desastre para todo o país.

Ainda bem que são só minhas supostas opiniões, não me processem !

Essa campanha vai ser ótima. Artilharia pesada. Sempre fui fã de marketing de guerrilha. Único capaz de vencer políticos que se chamam de “companheiros de armas”. Dança conforme a música. Engraçado mesmo é ver os maiores críticos sem qualquer dó nem piedade com mais de 20 anos de ataques, reclamando das pedradas. Telhado de vidro complica tudo, não?

Sinto inveja dos argentinos.
Essa semana explico porque.

Circolândia Eleitoral !

No comments
Pena que não tenho tempo! Queria eu estar percorrendo os bares do Brasil. Quanto mais boteco melhor. Os botecos são a cara do Brasil. E o papo de boteco é a verdadeira voz do Brasil. Eu queria ouvi-los. Sentir o clima nos botecos. Queria mesmo “botequiar”.

As eleições ainda estão muito longe. Distantes urnas eletrônicas nos aguardam nos depósitos do TSE. E após nossa visita as urnas, são eles que as aguardarão. Os candidatos e suas urnas eletrônicas, exemplo mundial de eficiência. As urnas, naturalmente. Nossos candidatos, coitados, nunca tiveram necessidade de mentir tanto como o terão que fazer nesta eleição. Pobres candidatos.

Deputados e Senadores? Não vale a pena perder tempo com os Deputados. Eles são meros coadjuvantes na política nacional. Assim como os Senadores. No máximo proferem ruídos na TV, que quando ficam muito altos, o Superior Tribunal do Presidente emite algum “habeas ladrão” ou um “cala-te X9” e transformam suas CPIs no verdadeiro picadeiro dos palhaços tupiniquins. Coadjuvantes apenas.

Governadores? Governadores da República Federativa do Brasil. Federativa? Não, também não adianta perder tempo falando dos nossos queridos governadores. Alguns até tentam, mas amarrados, vitimados, sem dinheiro e reféns da concentração de riqueza federal, nada tem a fazer. Aliás, aos que tanto pregam a igualdade social, que na verdade querem dizer igualdade econômica, são os mesmos que centralizam todo o poder do Brasil, sua riqueza. Acredite no que eu digo, feche os olhos ao que faço!

E agora? Bom, já discutimos sobre o judiciário, onde se assiste a milhares de milhares de competentes e estudiosos bacharéis em direito estudando anos a fio para concursos que lhes garantam alto salário vitalício, estabilidade e poder. Certos estão eles. Em quase tudo. Erram no poder, o qual eles não terão. Poder só tem quem o presidente assim deseja, e assim nomeia, e assim manda no judiciário. Através do Tribunal Superior do Presidente da República Tupiniquim do Brasil. Mas porque mesmo falar de judiciário se estamos falando de eleições? Ah sim, porque vários dos Ministros do Supremo Tribunal de Justiça do Presidente serão candidatos a cargos políticos. Claro. Senão, porque estariam servindo ao Presidente? Escambo!

E o Presidente? A autoridade máxima do país! Já que estamos esgotados de ler, ouvir, ver e engolir o atual. Vamos pular para as próximas peças do tabuleiro. Que do sorridente sem cultura e sem várias outras coisas menos simpáticas de se dizer, não há mais anda a declarar.

Geraldo Picolé de Chuchu Alckmin. Como alguém que recebe um apelido desses se torna Presidente? Mesmo que do Brasil! (Pobre Brasil!). Mas é possível sim. Não só possível como provável. Me parece um bom cara. Não é simpático como o atual, não tem nada de carismático, como o atual, mas um bom governante. Qual é a triste história do Geraldo Picolé? A triste história do Picolé, é que o bico tucano era grande demais! Demorou a sair! A Serra quase o levou! A novela mexicana promovida pelo PSDB foi o programa de campanha do partido culto que não cria filhos. Os tucanos são os europeus da política brasileira, sabem fazer, são cultos, tem porte, tem pompa e tem circunstância, mas não sabem fazer filhos! É um partido de uma geração só! E esta acabando… Um com pontos nas pesquisas. Outro, preferido do Covas, dominando o partido internamente. E nisso, o atual disparou de novo. O Picolé derreteu, mas vai se recuperar. Resta saber se a tempo…

Anthony Populista Garotinho. Mais uma polêmica figura ilustrada na história política do Brasil. Ainda em dúvida se os senadores biônicos do atrapalhado PMDB o deixarão ser candidato, ou o mandarão de volta ao Rio. Menino do Rio. Garotinho do Rio. O PMDB tem feito fiascos homéricos Brasil afora. Desarticulado, cheio de caciques e nenhum índio, está ao mesmo tempo sentado no colo do Presidente ( ao lado não, no colo mesmo) e na oposição. O gigante sem cabeça. O último fiasco foi a prévia que não foi prévia, que aconteceu mesmo assim e não definiu nada, porque o critério também era uma piada. Cruz credo! Os senadores biônicos impediram a prévia. Sabe-se lá como o Tribunal Superior do Presidente mandou parar tudo. A prévia não valia, porque os homens do Presidente assim desejaram. Mas valentes, Rigotto e Garotinho foram as urnas internas. Depois de terminada a votação, a dúvida: O que fazer com um candidato que fez quase o dobro dos votos de outro, e perdeu as prévias que não eram prévias. Que confusão! O gigantismo tem seu preço. E ele passa pelo fiasco nacional.

Heloísa Radical Helena. São poucas as pessoas realmente admiráveis nessa campanha. Mas a Heloísa com certeza é uma delas. Absolutamente honesta, absolutamente fiel as suas convicções, corajosa e faca na bota! A Heloísa só tem um problema: O sistema de governo que ela acredita, já faliu no mundo todo, não funcionou, não funciona, e nunca vai funcionar, só é bonito no papel. Porque o papel, nós sabemos, aceita tudo.

E ainda vamos conhecer vários outros, de menos visibilidade, que vão ter o seu papel. Todos têm o seu papel. Um pequeno pra atacar, um pequeno pra proteger, um médio pra fazer o corta luz… Quem sabe até outro fenômeno Enéas! Mas que não fale em bomba nuclear, por favor! A política não é fabulosa? E os marketeiros? Ah, esses merecem um artigo exclusivo, mais adiante! Brasileiros e brasileiras… Prestem atenção no que eles dizem, mesmo que eles não digam nada.

Mas quer saber? Chega desse papo, eu vou é pro boteco!

Rico, rumo ao boteco!