Browsing Posts in Fatos Relevantes e Opinião

The King of Pop

3 comments
Michael Jackson

Não importa o quanto teve de confusa a trajetória de Michael Jackson. Ele sempre será um dos grandes ícones da música pop de todos os tempos. Qualquer pessoa que tem o mínimo senso de música, que admira bandas e escuta efetivamente música por prazer reconhece Michael como um dos maiores fenômenos da música em todos os tempos.
E nessa triste data, muito próxima de um retorno desesperado aos palcos motivado por motivos financeiros, um dos grandes artistas do nosso tempo se despede da vida da maneira como foi sua vida inteira: com mistérios, discussões, sombras em meio ao brilho que sempre levou no seu trabalho. Michael teve uma trajetória contrastante, uma carreira genial na mesma medida que tornava sua vida pessoal discutida, misteriosa, e assombrada por pesadas acusações.

O astro venceu em todas as frentes na carreira artística: Vários discos figuram entre os mais vendidos da história da música (Thriller foi o álbum mundialmente mais vendido de todos os tempos), ele criou seu próprio estilo de dança que foi febre no mundo todo, emplacou 19 Grammys (mais 6 com The Jacksons) e outros números e feitos fabulosos que que fazem inveja a qualquer grande personalidade do nosso tempo.

Na vida pessoal, porém, ele acumulava excentricidades e polêmicas. Sua aparência sofria intervenções frequentes, principalmente com relação a cor (justificada como Vitiligo, mas também apontada por desejo de ficar branco…) o fato é que Michael sempre viu sua vida pessoal tida como contraditória. Sempre aportando muito forte em caridade, chegou a ser acusado de abuso com crianças, inclusive presente em julgamento. Viveu boa parte da sua vida recluso em grandes mansões, sempre cercado de especulações sobre a fragilidade da sua saúde.

Essa vida incrivelmente marcante terminou ontem, entre rumores de falência financeira, de doenças graves… E como não poderia ser diferente na vida deste misterioso astro, sua morte ainda não está clara. Os adoradores da música entristecem e prestam homenagem ao cantor que criou seu próprio estilo, sua dança, sua música e até mesmo uma vida pessoal única e cheia de marcas.

A Artigolândia reverencia a obra de Michael Jackson. Vai o personagem, fica o legado.

It’s Black, It’s White.

Michael Jackson Tribute

Gripe A.

Chegou.

A epidemia, ou pandemia mais aclamada na mídia nos últimos tempos desembarcou efetivamente no Brasil. Efetivamente porque só agora ela deixa de atacar somente os “importados” que chegaram dos céus estrangeiros nos aeroportos tupiniquins, e oficialmente pode estar dando uma volta pelo shopping, pegando um cineminha, fazendo uma prova de matemática ou qualquer outro programinha básico público ou privado.

Escolas estão sendo fechadas por todo o país, o governo aumenta seus cuidados e o alerta volta a ser assunto. Talvez o fato dessa epidemia (pandemia na verdade da classe mais alta, segunda a OMC) ter chegado pelos aeroportos, e ainda estar centrada nas classes mais altas no Brasil esteja mantendo a proliferação do vírus menos intensa por aqui. Explico. As classes mais altas é que estão chegando dos EUA, da Europa e da nossa vizinha Argentina. Então essa turma é mais sensível e preocupada com qualquer sintoma esquisito, e tende a correr mais rápido para o médico. O problema tende mesmo a se agravar quando o H1N1 chegar nas classes com menos acesso a saúde, que utilizam mais transporte público e que talvez demorem mais para temer os sintomas.

A luz amarela passou para vermelha no Brasil, a pandemia que chegou a ser classificada como “cortina de fumaça” para desviar outros problemas devido ao massacre midiático está na nossa cola, nos vigiando de perto. De tanto bater, a mídia tornou o assunto chato e aparentemente distante, mas agora chegou a hora de isolar o porquinho. O inverno está aí, as gripes comuns estão por toda parte e os sintomas são parecidos, embaçando os diagnósticos. Então, quem não quiser passar por essa “experiência suína”, é bom ficar esperto e lavar bem as patinhas!